Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Imagine - texto sobre política brasileira

Hartung estaria no olho do furacão? Por Gustavo Feu de Freitas O governador do Estado do Espírito Santo Paulo Hartung, do partido PMDB, deu claras demonstrações, ou se preferir, pistas, de que pode concorrer em 2018 à Presidência da República. Hartung é um forte representante do PMDB, posição reforçada pela visita do vice da República Michel Temer, em visita ‘surpresa’ ao ES, dias antes de ‘deixar cair’ nas mãos da imprensa, sua carta de desabafo, direcionada a presidente Dilma Rousself, do PT. No início de sua fala no Centro de Convenções de Vitória, ao participar do ES Competitivo – Fórum Vitória, Paulo Hartung fez questão de retificar todo o documento produzido pelos participantes do encontro, com propostas de o que o ES precisa e pode fazer para desenvolver-se frente a crise econômica e política. Criticou a presidenta, dizendo que ela sim, deveria ter uma agenda econômica e política, e frisou que o Estado chega ao fim doa no com todas as suas contas em dia. Sobre a crise ética…

Infância

O livro da besta-fera I – O mundo é um bairro (ou General Lee) - Olha o passarinho! Pronto era ouvir essa frase e remeter meus olhos pra árvore. Desde meu nascimento minhas principais lembranças foram com essa frase dita pela minha mãe, até por que dos três, tive e tenho o maior número de fotos, recordações da minha infância. O olhar atento das vizinhas, que revezavam para tomarem conta de mim, quando não era eu que ia pra casa enorme delas, era recorrente também. Depois o cheiro de churrasco, os jogos do Flamengo, as batidas de carros na avenida, o grito de ‘pega ladrão!’,...não foram poucos, sem falar das viagens, pra Santa Tereza, no interior do Espírito Santo – onde nasci e de onde vos escrevo – para o Rio de janeiro: madrinha e padrinho, para Brasília: tios e prima, foi assim minha infância até os dez anos. Fim do primeiro ciclo, aquele em que não se deve fazer nada a não ser observar atento os detalhes do piso, azulejos, os pêlos do primeiro cão, a roupa da empregada, camin…

O Golpe do Partido Aliado

O partido PMDB, aliado do PT no governo, vem ao que parece, dando mostras de ter seu plano para ocupar a presidência do país, em plena execução. Talvez por perceber risco perpétuo de figurar em segundo plano ao lado do Partido dos Trabalhadores. O presidente da Câmara Eduardo Cunha, também do PMDB, é a alavanca dessa retirada a força do PT do palanque governamental. Como um jogo de xadrez, onde os planos são estrategicamente executados, Cunha, após ser posto a prova com sua quebra de decoro parlamentar, após ter dito que não tem conta na Suíça, e sim participação em um trust, aceitou o pedido de impeachment da presidenta, e nesse aparente jogo de forças entre os dois, abriu caminho para que Michel Temer pleiteie a presidência. Uma pergunta que fica é se essa movimentação considerada exclusa não foi uma jogada para provocar em Dilma uma crise moral, em um momento em que seu próprio modo de operar está sendo a prova. Uma orquestrada criminalização o governo Lula, em idos de 2008, pode…